Coração: Dicas Importantes Para Mantê-lo Sempre Saudável.

Os hábitos saudáveis são essenciais para viver mais e melhor. Reduzir os riscos de sofrer alguma cardiopatia é simples, mas depende de nosso compromisso e do quanto queremos mudar no dia a dia...

Coração saudável necessita de hábitos saudáveis. Certamente são essenciais para viver mais e melhor. Reduzir os riscos de sofrer alguma cardiopatia é simples, mas depende de nosso compromisso e do quanto queremos mudar no dia a dia.

Saiba também: Dicas para cuidar do coração

Siga uma dieta equilibrada

Aqui não se trata de deixar para sempre as farinhas, as frituras ou os açúcares, ou começar uma dieta vegetariana, mas sim de combinar bem os alimentos ingeridos.

Devemos evitar o abuso das gorduras saturadas e comidas industrializadas, pois ele é diretamente proporcional aos riscos de sofrer problemas cardíacos.

Ter cuidado com o consumo de sal, carne vermelha e doces é fundamental.

Fazer exercícios

O sedentarismo é um dos principais fatores de risco de doenças cardíacas.

O esporte, por outro lado, traz muitos benefícios (entre eles perder peso, prevenir a arteriosclerose e reduzir o colesterol ou o açúcar no sangue).

Dicas Para Ter Um Coração Saudável

Consuma lanches saudáveis

Seja em casa ou no escritório, tente mudar esse hábito que te faz escolher alimentos pouco saudáveis entre as refeições.

No meio da manhã não opte por um café com leite e bolo, e sim um iogurte com cereais ou uma fruta.

Reduza o estresse

É claro que existe uma relação muito estreita entre o nervosismo e a ansiedade e os problemas cardíacos.

Algumas pessoas são mais propícias a sofrer estresse ou mesmo deixar-se levar pelos sentimentos negativos. Se você se encontra neste grupo, precisará de alguma técnica de relaxamento urgente.

Não fume nem beba álcool

O tabaco tem muitos agentes perigosos que, além de provocar câncer de pulmão ou esôfago, exercem um efeito nocivo no coração, nas veias e nas artérias.

Mantenha seu peso ideal

A obesidade e o sobrepeso estão vinculados com vários problemas cardíacos.

O índice de massa corporal é um teste que pode lhe ajudar a saber exatamente quantos quilos ou centímetros você tem que reduzir (mesmo que não seja o único método disponível).

Melhores Alimentos Para o Coração

Frutas:

Nos oferecem vitaminas e minerais; é importante aumentar seu consumo em nossa alimentação diária, comendo pelo menos uma fruta entre as refeições, ao invés de optar por tomar café ou chá.

Verduras:

São indispensáveis em uma dieta saudável, não devem faltar nas refeições principais e devemos nos atentar a melhor maneira de consumi-las, se cozidas ou cruas.

O frango:

Sem pele, assado, grelhado ou cozido e a carne de boi podem ser consumidos uma vez que estejam limpos, livres de gorduras.

Peixes:

São ricos em ácidos graxos poli-insaturados (ômega-), que ajudam a reduzir os triglicerídeos e a diminuir as tendências a desenvolvermos trombose.

Frutos:

Secos, como nozes e amêndoas, por quatro ou cinco vezes por semana, podem ajudar a reduzir o risco de morte causada por doenças cardiovasculares.

O alho:

Se consumido diariamente, ajuda a diminuir os níveis de colesterol ruim, além de ter efeitos contra a trombose.

Chocolate preto:

Oferece antioxidantes, reduz a pressão arterial, além de ser delicioso.

Quer Saber Quais São os Melhores Alimentos Para o Coração? Veja Aqui.

Duas taças de vinho tinto por dia:

São recomendáveis, o vinho é um poderoso antioxidante e ajuda a aumentar o colesterol bom.

Gorduras Que Protegem O Coração

As gorduras são macronutrientes, a par dos hidratos de carbono e proteínas, e fornecem cerca de 9 quilocalorias por cada grama ingerido. São excecionalmente calóricas, quando comparadas com os restantes macronutrientes, mas também essenciais para algumas funções desempenhadas pelo organismo. Para além disso, são capazes de transportar consigo uma grande variedade de micronutrientes que nelas se dissolvem, dos quais se destacam as vitaminas A, D, e E.

Fazem parte do grupo das gorduras uma grande quantidade de moléculas, entre as quais se encontram os triglicerídeos e os ácidos gordos. Na verdade, cada triglicerídeo é composto por três ácidos gordos e uma molécula de glicerol, que após serem ingeridas são separadas pela digestão.

Assim, os ácidos gordos assumem um papel muito importante na alimentação, sendo que a sua contribuição para a saúde depende largamente das suas características moleculares. Os ácidos gordos saturados, devem ser ingeridos com moderação, mas alternativamente podem ser consumidos alimentos ricos em ácidos gordos monoinsaturados e polinsaturados, cujos benefícios para a saúde cardíaca, e não só, são amplamente reconhecidos.

 

Gostou do artigo!

Inscreva-se na nossa newsletter e receba grátis nossas novidades

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Pin It on Pinterest

Share This

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.