8 Benefícios da prática da musculação. A sua Saúde Agradece.

Engana-se quem acredita que fazer musculação serve somente para ganhar músculos e ter um corpo sarado. Os benefícios dessa prática vão muito além disso.

Assim como favorece o condicionamento físico, esse tipo de atividade também contribui para o gasto calórico, para a perda de gordura e a estimulação do sistema cardiovascular. Além de ser um dos mais indicados para o emagrecimento.

Conheça também:  Vitaminas de frutas para emagrecer

Embora muita gente tenha resistência aos exercícios de repetição, a musculação é um dos treinamentos mais recomendados para jovens, pessoas maduras e idosos, devido às suas diversas vantagens para o organismo como um todo.

Neste post, vamos listar os principais benefícios da musculação para que você saiba como essa atividade pode colaborar para diversos aspectos da sua saúde. Confira!

Favorece a perda de peso

A musculação é um dos melhores exercícios para emagrecer com rapidez. Afinal, os treinos com carga ativam todos os grupos musculares, que passam a queimar calorias, substituindo gordura por massa magra em poucas semanas de atividade.

Além disso, a musculação acelera o metabolismo e promove o gasto calórico mesmo após os treinos. Ou seja, quanto maior a intensidade e a regularidade dos treinamentos, mais tempo seu organismo permanecerá ativado e, por consequência, queimará uma maior quantidade de calorias mesmo longe da academia.

Isso ocorre porque durante os exercícios de musculação as fibras musculares se rompem o que estimula o crescimento do tecido. Para reconstruir essas fibras e realizar o reparo celular, o organismo, mesmo em descanso, gasta quantidades significativas de energia, mantendo a queima calórica indireta após o treino.

 Tonifica os músculos

Como dito, a prática regular de musculação promove a troca de gordura por massa magra, tonificando todos os músculos do corpo. Ela melhora aspectos como força, flexibilidade, equilíbrio e resistência, sobretudo em mulheres e pessoas com mais de 30 anos.

Na juventude, entre os 18 e 25 anos, a musculação também oferece benefícios para a saúde, mas os ganhos são principalmente estéticos. Porém, após os 35 essa atividade ajuda a prevenir a perda muscular e retarda o processo de envelhecimento das células do organismo, uma vez que esses processos se acentuam nessa fase da vida.

 Fortalece o sistema cardiovascular

O coração também é um músculo, certo? Embora não trabalhe diretamente essa musculatura, os exercícios de musculação são excelentes aliados de todo sistema cardiovascular, pois:

  • contribuem para o seu fortalecimento e para a elasticidade muscular;
  • colaboram no controle da pressão arterial;
  • auxiliam na redução dos níveis de colesterol e da glicemia no sangue;
  • atuam na melhoria do fluxo sanguíneo, deixando o coração mais ativo e fazendo com que fique mais saudável.
  • A musculação estimula o coração a funcionar, assim, ele também é exercitado durante os treinos.
Protege os ossos

Quanto maior e mais denso o tônus muscular, menores são as chances de ocorrerem fraturas ósseas e lesões nas articulações. Isso porque os músculos servem como uma espécie de proteção para os ossos.

Além disso, os exercícios melhoram a absorção de cálcio pelo organismo, diminuindo os riscos do desenvolvimento de doenças como artrite e osteoporose. Isso se dá principalmente em mulheres, mais propensas a esses problemas, em especial a osteoporose durante a menopausa.

O fortalecimento muscular também é extremamente importante para melhorar a postura e aliviar dores comuns na coluna. Porque os músculos são responsáveis por sustentar essa parte do corpo, bastante afetada por permanecermos muito tempo na mesma posição, como no caso de quem passa muito tempo sentado no escritório ou no trânsito.

Faz bem para o cérebro

Além das melhorias físicas, os benefícios da musculação também se estendem para o cérebro. Aspectos cognitivos como coordenação motora, concentração, memória, atenção, melhora na aprendizagem e aumento de produtividade no trabalho podem ser sentidos logo nas primeiras semanas de treino.

Melhora a autoestima

A melhora de fatores cognitivos e a perda de peso, fruto de uma dieta saudável e da prática regular de exercícios de musculação, refletem positivamente no aspecto emocional de qualquer pessoa, melhorando a autoestima, a confiança, o humor e a disposição.

A prática de atividades físicas também aumenta a produção de diversos hormônios essenciais para o bem-estar, como a serotonina, a dopamina e a endorfina.

Esses são neurotransmissores benéficos para o cérebro e relacionados às sensações de prazer e de felicidade. Também funcionam como bloqueadores para evitar dores, estresse, ansiedade e até a depressão.

Aumenta o convívio social

E quem disse que academia serve somente para malhar? É também um lugar onde fazemos novas amizades, conversamos e temos contato com outras pessoas.

Além de aumentar o convívio social, criar novos vínculos e expandir o círculo de amizades, treinar na companhia de outras pessoas ou em grupo ajuda a aumentar a motivação e disposição na academia.

Um estimula e apoia o outro, comemora as conquistas, e assim, ficamos mais animados para alcançar nossos objetivos. Afinal, uma forcinha extra sempre vai bem, não é mesmo?

Ajuda na gestação

Sim, a musculação pode ser feita regularmente por mulheres gestantes, mas somente após o terceiro mês de gravidez. Ela traz benefícios para a grávida, assim como exercícios aeróbicos leves, como caminhada e hidroginástica.

As mulheres devem se manter ativas durante esse período para manter sua saúde, não ganhar peso em excesso e garantir seu condicionamento físico, a fim de ter uma gestação saudável.

O treino deve ser elaborado pelo profissional de educação física, segundo aquilo recomendado pelo obstetra de cada mulher. Mas geralmente é priorizado o fortalecimento dos músculos da coluna, a correção postural, assim como exercícios de força e de resistência para ajudar na queima calórica e preparar a gestante para o esforço físico realizado no parto.

Inclusive, a memória genética muscular faz com que o período de recuperação pós-parto e o retorno aos treinos sejam mais tranquilos. A perda de peso também fica mais fácil e rápida, assim como a eliminação dos líquidos retidos durante a gravidez.

Mas lembre-se, antes de iniciar qualquer tipo de treinamento, por mais leve que seja, é essencial consultar o médico para examinar e verificar as condições físicas e sua saúde em geral da mulher. Ele indicará a quantidade e a regularidade ideal de atividades, bem como aquilo que é seguro para a mãe e o bebê. Porque nem sempre a musculação é recomendada, como nos casos de gravidez de risco.

Como você pôde ver, fazer musculação é mais do que indicado tanto para jovens como pessoas mais velhas, independentemente do biotipo de cada um.

O ideal é sempre respeitar as limitações de cada pessoa e ter o acompanhamento adequado, de preferência por um cardiologista e por um educador físico, para evitar lesões e erros posturais, bastante comuns durante a prática dos exercícios. Considere todos os benefícios da musculação aqui listados e comece hoje mesmo seu treino. Você só tem a ganhar!

Tem alguma consideração a fazer ou experiência para compartilhar? Então deixe seu comentário e conte para a gente como você se cuida!

Gostou do artigo!

Inscreva-se na nossa newsletter e receba grátis nossas novidades

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Pin It on Pinterest

Share This

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.