Veja Os Riscos Que Corremos Ao Comer Alimentos Crus

É muito importante hoje em dia termos cuidado com o que comemos. Uma série de alimentos, quando não bem preparados, pode fazer mal para o organismo como um todo. Portanto, ter atenção ao que se ingere é fundamental....

É muito importante hoje em dia termos cuidado com o que comemos. Uma série de alimentos, quando não bem preparados, pode fazer mal para o organismo como um todo. Portanto, ter atenção ao que se ingere é fundamental.

As carnes são os itens que merecem destaque quando este assunto é posto em voga. Consumir carne de boi ou de porco mal passada é extremamente perigoso, visto o enorme número de doenças que as pessoas ficam vulneráveis. Por outro lado, consumir vegetais ou legumes crus pode ser uma ótima opção, quando o indivíduo sabe da procedência do alimento e como lavar adequadamente antes do consumo.

Os Riscos de ingerir alimentos crus

Veja Os Riscos Que Corremos Ao Comer Alimentos Crus

Os riscos são grandes na ingestão de alimentos crus. Para passar longe de preocupações é necessário entender quais itens podem ou não ser cozidos. Por exemplo, verduras e legumes são realmente mais nutritivos quando crus, no entanto, quando não são bem lavados ou limpos os perigos são grandes.

Estes itens precisam ser imersos em água com produtos específicos para que todos os microrganismos e agrotóxicos sejam eliminados. As frutas também precisam ser muito bem limpas, mas o consumo fresco é o mais indicado. Em algumas situações o cozimento auxilia no absorver das substâncias, portanto, não se deve tomar medidas extremas. Feijões, ervilhas e lentilhas, por exemplo, são alimentos melhores aproveitados cozidos.

A maior preocupação com relação ao não cozimento é quando falamos em carnes. Apesar de ser grande o hábito de consumir kibes crus ou peixes em sushis, por exemplo, o risco de uma contaminação é muito grande. O aquecimento ajuda a destruir microrganismos que poderiam estar nestas comidas cruas.

Desta forma, comê-las cruas é algo perigoso. Uma variedade de doenças que poderiam estar no peixe, no boi ou no porco pode ser passada para os homens, é preciso cuidado. Este hábito somente pode ser adotado quando se tem ideia de todo o processo de manipulação da carne, desde a retirada ao congelamento e distribuição.

 

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.