Saiba Como Tratar a Caspa

Dermatite seborreica, também conhecida pelos nomes de seborreia, caspa ou eczema, é uma afecção crônica que se manifesta em partes do corpo onde existe maior produção de óleo pelas glândulas sebáceas ou a presença de um fungo, o Pityrosporum ovale.

A caspa costuma surgir na adolescência e tende a ser um problema crônico e recorrente, havendo períodos de melhora que se alternam com momentos de exacerbação.

A caspa tem um componente genético, pois costuma acometer mais de um membro em uma mesma família. Não sabemos exatamente a causa da caspa nem por que algumas pessoas têm mais propensão a tê-la. Porém, vários fatores de risco já foram identificados, entre eles:

Presença de dermatite seborreica em outras áreas do corpo.

O aumento da oleosidade do couro cabeludo.

Ressecamento do couro cabeludo.

Viver em locais onde haja muitos dias frios e secos ou quentes e úmidos.

Má higiene do couro cabeludo.

Uso excessivo de shampoo.

Uso frequente de gel ou mousse nos cabelos.

Estresse emocional.

Alergia a alguns shampoos ou cosméticos usados nos cabelos.

* Caspa não é sinal de falta de asseio nem prenúncio de queda de cabelos e pode ser controlada com alguns produtos especiais de uso local. Procure a orientação de um dermatologista.

Sintomas

Lesões avermelhadas com descamação e coceira que pode ser mais ou menos intensa. No couro cabeludo, essa descamação pode soltar-se e cair em pequenos fragmentos, dando origem ao que popularmente se chama de caspa.

Tratamento

Não existe tratamento para a cura definitiva da caspa, mas existem medicamentos específicos para a pele e o couro cabeludo capazes de controlar os sintomas.

Nos casos mais simples, basta lavar os cabelos diariamente com qualquer shampoo comum.

Nos casos de caspa recorrente, há no mercado vários shampoos anticaspa que são eficientes.

Se a sua capsa for mais severa, principalmente se houver dermatite seborreica associada a inflamação do couro cabeludo, shampoos com antifúngicos costumam ser indicados. Procure shampoos que contenham ciclopirox ou cetoconazol. Se não houver melhora, o paciente deve procurar ajuda de um dermatologista.

capa33

Recomendações

Evite a ingestão de alimentos gordurosos e bebidas alcoólicas;

Não tome banhos muito quentes. Enxugue-se bem antes de vestir-se. A umidade pode ser fator desencadeante das lesões;

Procure usar roupas que não retenham o suor. Tecidos sintéticos costumam ser contraindicados para quem tem tendência à dermatite seborreica;

Tente controlar o estresse físico e mental e a ansiedade. Não é fácil, mas ajuda;

Retire completamente o xampu e o condicionador dos cabelos quando lavar a cabeça;

Evite Coçar, procure resistir a coçar a cabeça, pois suas unhas podem ferir o couro cabeludo. Caso isso aconteça, suspenda o uso de qualquer shampoo medicinal e passe a utilizar diariamente um shampoo mais suave, como um infantil, ou um shampoo sem sulfatos, até que as feridas cicatrizem.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!


Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.