Pilula do Dia Seguinte: Muita Atenção a Esse Medicamento.

Tome muito cuidado quando for tomar a pílula de emergência. Sua combinação com outros medicamentos, do tipo controlado e antibióticos, por exemplo, pode prejudicar sua eficácia....

Que mulher nunca tive um descuido na hora do sexo? Esquecer de usar a camisinha ou então ter o azar dela estourar? E quando isso acontece o mais comum é bater aquela preocupação e desespero que se resume em uma dúvida: será que estou grávida?

Estas são as situações que fazem as mulheres recorrerem ao uso da pílula do dia seguinte que tem a responsabilidade de impedir e/ou retardar a ovulação, impedindo que o espermatozoide fecunde um óvulo.

Seu uso inadequado resulta em erros e consequentemente, em problemas na vida da mulher. Veja com atenção quais são.

Não use a pílula do dia seguinte com outro medicamento anticoncepcional

Usar a pílula juntamente com seu remédio anticoncepcional é um verdadeiro erro. Fazer uso da pílula uma vez por mês já é considerado um grande excesso.

O risco que se corre é invalidar a eficácia dos dois medicamentos. A pílula do dia seguinte acaba com o ritmo hormonal da mulher, alterando seu fluxo, desregulando o ciclo menstrual, podendo efetivar uma gravidez.

Fora a falta de eficácia, esta prática pode causar desconfortáveis efeitos colaterais, como diarreia, dores na cabeça e no corpo, vômito e aumento de peso.

Vale ressaltar que se a pílula emergencial for usada frequentemente é possível que posteriormente, se assim a mulher desejar, encontre grandes dificuldades para engravidar.

Pilula do Dia Seguinte: Muita Atenção a Esse Medicamento.

Uso da pílula com demais medicamentos

Tome muito cuidado quando for tomar a pílula de emergência. Sua combinação com outros medicamentos, do tipo controlado e antibióticos, por exemplo, pode prejudicar sua eficácia. Se estiver em dúvida, leia a bula atentamente ou pergunte ao médico ou farmacêutico.

Nunca tome a pílula antes do ato sexual

É de extrema importância distinguir o funcionamento da pílula do dia seguinte da pílula anticoncepcional. Muitas pessoas confundem e acabam por consumir a pílula emergencial antes do ato sexual.

Esta pílula é indicada apenas para casos emergenciais. Usá-la antes do sexo não é nada seguro porque sua eficácia é bem inferior a pílula anticoncepcional.

Não misture com álcool ou tabaco

Quando a pílula entra em contato com algumas drogas torna-se uma bomba relógio. Bebidas e cigarros apresentam substâncias capazes de aumentar a potência do hormônio estrogênio no nosso corpo. Quando este hormônio entra em contato com as substâncias da pílula, aumenta-se o risco de acidente vascular cerebral e até mesmo trombose.

Não deixe de se prevenir, use camisinha

O uso da pílula não pode ser o mesmo de um contraceptivo eficaz. Nunca deixe de usar a camisinha, uma vez que a pílula só protege contra uma gravidez indesejada e não contra doenças sexualmente transmissíveis. Previna-se e tenha uma vida sexual sem sustos e saudável.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.