Perigos Da Gordura Abdominal Na Mulher: Como Combatê-la?

Gordura abdominal. Poucas coisas são mais chatas, incômodas e… Perigosas. Todos sabem que, com o passar dos anos, temos uma tendência a ir acumulando gordura na região do abdômen, que pode nos incomodar ...

Gordura abdominal. Poucas coisas são mais chatas, incômodas e… Perigosas. Todos sabem que, com o passar dos anos, temos uma tendência a ir acumulando gordura na região do abdômen, que pode nos incomodar quando usamos roupas um pouco mais justas ou calças jeans. No entanto, o verdadeiro problema por trás dessa situação não está na nossa imagem, mas sim na nossa saúde.

Os perigos da gordura abdominal

De acordo com os nutricionistas, o aumento da gordura abdominal na mulher costuma ocorrer a partir dos 40 anos. Nesse momento, nosso corpo começa a experimentar alterações leves como, por exemplo, um metabolismo mais lento que torna mais difícil a tarefa de queimar gordura.

Produzimos menos estrógenos e, aos poucos, com o passar dos anos, essas mudanças vão se traduzindo em um aumento de peso. No entanto, o mais perigoso de toda essa situação são os quilos extras no abdômen, essa parte do nosso corpo onde, além de percebermos a gordura sob a nossa pele, devemos lembrar que também existe gordura visceral ao redor dos nossos órgãos internos.

Esse é um risco para a nossa saúde. Você sabe quais perigos ela pode causar a longo prazo?

  • Doenças cardíacas
  • Hipertensão
  • Diabetes tipo 2

É importante lembrar também que o acúmulo de gordura embaixo do diafragma e na parede torácica faz com que seja mais difícil respirar. Cansamos-nos mais e nossos pulmões sofrem. A dificuldade para respirar pode resultar, muitas vezes, em apneia do sono.

Vale a pena levar em conta também que esta gordura abdominal faz com que, além de tudo isso, tenhamos um risco maior de desenvolver algumas doenças mais sérias, como o câncer de mama ou de colo do útero.

Perigos Da Gordura Abdominal Na Mulher: Como Combatê-la?

Como posso reduzir a gordura abdominal?

Não se renda e não desanime. Se você não conseguir mudar sozinha, peça a ajuda de um médico ou um nutricionista. Além disso, siga algumas dicas muito práticas que iremos detalhar a seguir. Elas podem ser de grande ajuda em seu dia a dia. Conheça-as e aplique-as com ânimo renovado e otimismo!

  • Corte o sal e não o inclua nas suas refeições
  • Beba dois litros de água por dia
  • Coma grãos integrais, cereais como o trigo e a aveia. Evite a farinha branca e substitua-a pela integral. O pão também deve ser integral e, preferentemente, rico em diferentes tipos de grãos. O de cevada é muito saudável, por exemplo.
  • Restrinja o açúcar e esqueça os doces industrializados e as comidas prontas ou congeladas.
  • Caminhe todos os dias meia hora a passos rápidos, sem chegar a se cansar, mas sendo constante. Lembre-se: todos os dias!
  • Evite o leite de vaca. O melhor laticínio que você pode ingerir é o iogurte grego sem açúcar, que irá oferecer bactérias saudáveis para cuidar da digestão e fortalecer a flora bacteriana.
  • Coma “pouco” 5 vezes ao dia, e também é importante não “pular” refeições. Não vale a pena!

Coloque em prática esses conselhos simples e comece a combater a gordura abdominal hoje. Pela sua saúde!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.