Intolerância à Lactose. Saiba Mais Sobre O Problema.

O leite, principalmente o de vaca, é muito presente em nossa alimentação, tanto puro quanto como ingrediente de outros alimentos (queijo, iogurte e requeijão). Nutricionalmente, ele pode ser considerado benéfico, pois ...

O leite, principalmente o de vaca, é muito presente em nossa alimentação, tanto puro quanto como ingrediente de outros alimentos (queijo, iogurte e requeijão). Nutricionalmente, ele pode ser considerado benéfico, pois contém proteínas e cálcio. Porém, muitos especialistas alegam que o nosso organismo não digere bem o leite, ainda que não exista um posicionamento fechado de médicos e nutricionistas a esse respeito.

Estima-se que 70% da população adulta tenha algum nível de intolerância à lactose. Esse problema é definido pela dificuldade do organismo em digerir o açúcar do leite – lactose. Como esse açúcar não é digerido, ele chega ao intestino intacto e entra em reação de fermentação com as bactérias que atuam na função intestinal, produzindo gases e ácido láctico. Por causa desse processo, a pessoa com intolerância sente muito desconforto após comer alimentos à base de leite.

Intolerância à Lactose

Os principais sintomas do problema são:

  • gases;
  • dor e distensão abdominal;
  • náuseas;
  • irritação intestinal e diarreia.

Importante: a intolerância à lactose é diferente da alergia ao leite. Nos casos de alergia, a causa não é a lactose, mas sim a proteína do leite. As pessoas alérgicas normalmente apresentam sintomas como manchas pela pele, vômito após consumir o leite e seus derivados e fechamento da glote.

Intolerância à Lactose

Diagnóstico e Tratamento

A pessoa que observa o aparecimento desses sintomas após consumir o leite deve procurar ajuda médica. Atualmente, existem disponíveis alguns tipos de exame que detectam claramente a existência da intolerância, seja ela leve, moderada ou grave. Um boa dica para quem desconfia da existência do problema é cortar todos os alimentos que contenham lactose da alimentação e observar se houve melhoria dos sintomas.

O tratamento do problema consiste em uma mudança definitiva na dieta. Dependendo da gravidade da intolerância, é possível manter alguma quantidade de alimentos derivados do leite ou cortá-los totalmente – o que deve ser indicado por um especialista. Hoje em dia, existem no mercado vários produtos com quantidade reduzida de lactose. Apesar da alteração na alimentação, é possível comer bem e se ver livre dos transtornos causados pela doença.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.