Ingredientes Para Se Evitar Ao Comprar Produtos Industrializados

Cada vez mais, pessoas no mundo inteiro, estão dando maior atenção à alimentação pois estão se informando de que a alimentação é a base da boa saúde. Fala-se até de uma crise na indústria alimentícia...

Cada vez mais, pessoas no mundo inteiro, estão dando maior atenção à alimentação pois estão se informando de que a alimentação é a base da boa saúde. Fala-se até de uma crise na indústria alimentícia nos Estados Unidos, o país inventor do fast food e da comida industrializada, prática, rápida, gostosa mas…nada saudável.

Saber ler os rótulos dos alimentos não é uma tarefa fácil. Muitos ingredientes parecem inofensivos e a lista de ingredientes a se evitar é enorme, ultrapassa os 20 aqui descritos. Para simplificar tudo, a regra é simples: cozinhe em casa e evite ao máximo comprar comida industrializada.

Mas ainda assim, segue uma lista para ajudar o leitor a comprar da melhor maneira possível.

Aromatizantes artificiais

Para dar aquele sabor especial (ou melhor, para esconder o sabor horrível que a comida industrializada teria) servem os aromas artificiais, que são verdadeiros produtos químicos, feitos em laboratórios e que nada têm de nutritivo para nos oferecer. Acusados de causar várias doenças (câncer e toxidade de vários tipos) é difícil fugir dos aromatizantes artificiais comprando produtos prontos: eles estão em pães, biscoitos, iogurtes, snacks, chocolates, ou seja, em tudo, pode-se dizer.

Trigo enriquecido

O trigo, deve ser evitado por si só, pois contém substâncias tão nocivas quanto as drogas. Mas não pense que comprar trigo enriquecido com ferro, ácido fólico, etc é melhor. Na verdade é tudo tão artificialmente construído que o melhor a se fazer é mesmo evitar esta maquiagem. 

Óleos hidrogenados

É o resultado de um processo que envolve o aquecimento do óleo seguido de um rápido resfriamento para deixá-lo sólido, útil para a indústria alimentícia. O processo resulta em um óleo extremamente tóxico para o consumo humano, conforme alegam especialistas. Evite qualquer produto que contenha a palavra “hidrogenada” em seu rótulo.

Glutamato monossódico

Dizem que se trata de um veneno lento que leva outros nomes além de glutamato, visto que este é um nome já associado à palavra malefício. Aroma natural, extrato de levedura, caseinato, proteína texturizada, proteína de ervilha hidrolisada e muitos outros. Além deste ingrediente não trazer nenhum beneficio à saúde, o glutamato monossódico estaria ligado ao desenvolvimento de várias perturbações neurológicas, convulsões, infecções, desenvolvimento neural anormal, distúrbios endócrinos, obesidade, entre tantas outras doenças.

Ingredientes Para Se Evitar Ao Comprar Produtos Industrializados

Açúcar

O açúcar estaria ligado à problemas metabólicos, de aumento da pressão arterial, alteraria de forma significativa a sinalização de hormônios e causaria sérios danos ao fígado. O problema seria a quantidade consumida e, em produtos industrializados, a quantidade é realmente uma coisa difícil de individualizar.

Benzoato de potássio e ou Benzoato de sódio

É um conservante e está também por toda a parte: em salsas para saladas, geleias, azeitonas, pickles. Acredita-se que o benzoato de sódio seja cancerígeno se associado ao acido ascórbico, vitamina C, pois formaria a substância tóxica chamada benzeno.

Corantes artificiais

Muitos corantes amplamente usados pela indústria de alimentos estão relacionados ao câncer. Eles são usados para colorir tudo, bebidas e comidas e alguns estudos relacionaram em laboratório, o uso de vários corantes ao câncer em ratos.

Sucralose

A substância utilizada em adoçantes artificiais é simplesmente um açúcar clorado; um cloro carbono que seria incompatível com nosso metabolismo. 

Ingredientes Para Se Evitar Ao Comprar Produtos Industrializados

Cloreto de sódio

É o famoso sal. Nos produtos industrializados o problema seria individualizar a quantidade e a qualidade do sal utilizado.

Soja

Embora seja muitas vezes vendida como alternativa saudável à carne, sem colesterol e com baixo teor de gordura, a soja pode não ser tão boa para a saúde. Os problemas estariam ligados à diminuição da fertilidade, ao desequilíbrio de estrogênio em mulheres, a um menor desejo sexual e a desencadear a puberdade precoce em crianças. A soja também poderia desequilibrar os ácidos graxos ômega-6 e ômega-3 no organismo. 

Os produtos saudáveis de soja seriam somente os fermentados e os orgânicos pois a maioria absoluta da soja é transgênica. Evite produtos industrializados que contenham soja em suas composições.

Óleo de Canola

Apesar de ser rico em ômega-3, há quem diga que o óleo de canola é tóxico para os seres vivos e um excelente repelente de insetos. É um óleo industrial extraído de uma planta geneticamente modificada.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!


Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.