Ginkgo Biloba | Benefícios e Propriedades.

Como substância estimulante ao cérebro, a ginkgo biloba trabalha como facilitadora do fluxo sanguíneo cerebral, periférico e arterial, protegendo as veias capilares e ativando o metabolismo neuronal....

Como substância estimulante ao cérebro, a ginkgo biloba trabalha como facilitadora do fluxo sanguíneo cerebral, periférico e arterial, protegendo as veias capilares e ativando o metabolismo neuronal.

Favorece ainda:

  • a ativação do metabolismo energético;
  • regula os mecanismos circulatórios;
  • funciona como antioxidante;

Já foi comprovado que o extrato da planta:

  • refresca a memória;
  • acabada com o zumbido do ouvido por irrigar e oxigenar melhor o labirinto, parte da estrutura do ouvido, por este motivo também reduz as tonturas;
  • alivia dores nos braços e pernas por tornar o fluxo sanguíneo mais intenso.

Além de tantos benefícios, laboratórios comprovaram também que ginkgo biloba ataca tumores existentes e previne o organismo de que novos tumores o acometam.

Ginkgo Biloba – Benefícios e Propriedades.

Quem pode tomar e como?

Embora os efeitos colaterais devidos ao ginkgo biloba sejam raros, eles existem e não podem ser desconsiderados. Tanto que a planta em sua versão cápsula é considerada medicamento de tarja vermelha e só pode ser adquirida mediante receita médica.

Isto se dá pois, em alguns casos, pode ocasionar:

  • enxaqueca;
  • alergias;
  • aumentar a sensibilidade da pele ao dilatar os vasos.

A possibilidade disto acontecer aumenta no caso das folhas para chá, que possuem grande quantia de ácido, podendo irritar a pele, além de ter sua eficácia questionada neste formato.

Assim, caso deseje tomar ginkgo biloba e acredite ser acometido de algum problema que possa ser solucionado por ela, procure um médico de confiança, exponha a situação e ele decidirá, mediante exames e avaliações, se ela de fato é a melhor opção para você.

Nas primeiras semanas de uso, fique atento aos efeitos que ela vem causando ao organismo, principalmente no que tange a pressão arterial e distúrbios gastrointestinais. Qualquer suspeita, interrompa o uso e consulte novamente seu médico.

Atenção!

Todo tratamento, mesmo que natural, deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional. Algumas substâncias podem ter efeitos nocivos ao organismo de certas pessoas.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.