Erros De Beleza Que Detonam A Pele No Inverno

Apesar dos índices de radiação UVB chegarem com menor incidência à Terra, nós temos ainda a presença do UVA, que continua com igual intensidade, além disso, temos a luz visível e o infravermelho, que está presente no mormaço e calor [...]

Frio, vento seco, maior concentração de poluentes no ar… todos esses fatores, típicos do inverno, provocam alterações que acabam resultando no ressecamento da pele.

Confira abaixo alguns erros comuns da estação, que devem ser evitados:

  • Esquecer o protetor solar

Apesar dos índices de radiação UVB chegarem com menor incidência à Terra, nós temos ainda a presença do UVA, que continua com igual intensidade, além disso, temos a luz visível e o infravermelho, que está presente no mormaço e calor e, também, quando estamos em ambientes muito quentes. O infravermelho tem alta penetração, chegando à derme profunda. E o problema da radiação é que ela afeta a estrutura da pele, facilitando o surgimento de flacidez e ruga.

Erros De Beleza Que Detonam A Pele No Inverno

  • Falhar na hidratação

A falta de umidade e o vento frio comprometem a função de barreira da pele. Por esse motivo, após a limpeza e tonificação, séruns ou cremes com ácido hialurônico vetorizado ao silício são indicados. Além de função antienvelhecimento, esse ingrediente hidrata profundamente de maneira imediata e prolongada.

  • Não usar cremes reparadores 

No inverno é importante utilizar cremes com funções antioxidante e de reparação, uma vez que há maior concentração de poluentes que podem afetar a saúde da pele.

  • Abusar dos ácidos

Usado com persistência, podem causar vermelhidão, irritação e desidratação. Por isso, ao usar um ácido, é fundamental limpar e hidratar a pele no dia seguinte com consequente uso de protetor solar.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!


Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.