Dores Na Nuca. O Que Pode Ser Esse Incômodo?

A dor na nuca é uma sensação comum. Muitas pessoas já sentiram o incômodo em situações estressantes ou mesmo sem razão aparente. Essa sensação pode ser indicativo de algum problema sério de saúde? Sim, por isso não é correto...

A dor na nuca é uma sensação comum. Muitas pessoas já sentiram o incômodo em situações estressantes ou mesmo sem razão aparente. Essa sensação pode ser indicativo de algum problema sério de saúde? Sim, por isso não é correto negligenciá-la e consultar o médico de maneira imediata.

Geralmente as dores na nuca ocorrem em razão de má postura ou algum agravante de situações que causam nervosismo. Uma dica importantíssima: em nenhuma situação tome remédios sem prescrição médica, pois essa prática mostra-se nociva para qualquer avaria. E para que fique mais evidente o entendimento sobre as dores na nuca, entenda o que ela pode significar.

Quais são as causas mais comuns das dores na nuca?

Dor na Nuca

Tensões musculares: em alguns casos as dores na região da nuca podem surgir como consequência de desconfortos musculares, torcicolos, causas das dores na nuca contraturas e distensões causados por exercícios físicos feitos de maneira incorreta, má posicionamento da região do pescoço e da cabeça no momento do sono e postura inadequada em diferentes situações do dia. Nesse caso, indica-se a utilização de cremes para relaxar o músculo ou analgésicos. Evite levar mochilas pesadas ou, por outros modos, efetuar esforço descomunal na região do pescoço.

Aumento da pressão arterial: algumas pessoas com pressão arterial elevada não apresentam sintomas, mas geralmente a hipertensão causa dores de cabeça, suor frio e dor na nuca. É até “melhor” que o quadro seja sintomático para que identificação de doenças seja feita de maneira mais rápida.

Meningite: há vários sintomas na meningite, entre eles: febre, vômitos, dores de cabeça e a dor na nuca.

Doenças na coluna cervical: o incômodo pode ser consequência de doenças na coluna. A espondilite anquilosante, por exemplo, é um problema que costuma atingir as mulheres.

Bruxismo: Essa condição que provoca o ranger e cerramento dos dentes no momento do sono acontece, de maneira geral, em crianças e em certos casos provoca dores na cabeça e pela nuca.

Labirintite: quando há sensação de desequilíbrio e tontura a dor na nuca torna-se mais um sintoma de labirintite.

Possíveis problemas de vista: A dor na nuca também pode está associada a problemas de visão. Se você nota que está com dificuldades para enxergar a longa distância ou a curta e essa condição está acompanhada de dores de cabeça e na nuca, procure o oftalmologista, pois a provável cura para o incômodo pode estar no uso de óculos.

Dor na Nuca

Quando consultar o médico após dores na nuca?

Geralmente quando as dores na nuca são por causa de torcicolos ou algum pequeno dano provocado por postura incorreta, não é necessário ir ao médico, a não quer que as dores sejam constantes e intermitentes. Todavia, existem situações em que a consulta é imprescindível. Estas são as razões:

  • Dores frequentes e sem motivo aparente
  • Dor acompanhada de aumento abrupto da pressão arterial
  • Se você tiver problemas cardíacos ou alguma doença crônica
  • Quando a dor estiver acompanhada de febre e vômito ou provocar desmaios

Dicas para acabar – e evitar – com as dores na nuca provocadas por diferentes razões

Obviamente a consulta médica deve ocorrer nas situações informadas acima e assim as soluções medicamentosas mais interessantes são apresentadas. De todo modo há maneiras simples e muito eficientes para aliviar ou prevenir o problema.

  • Alongue bastante antes da prática de exercícios físicos. E pratique exercícios de maneira regular para acabar com os males do sedentarismo.
  • Se tiver com dores, mova a cabeça de maneira lenta em movimentos circulares, de um lado para o outro. O exercício ajuda a aliviar as dores.
  • Alimente-se de maneira saudável: evite comidas salgadas ou gordurosas para que a pressão arterial fique controlada.
  • Mantenha o peso controlado.
  • Em caso de tratamento médico para alivio das dores: consuma os medicamentos de forma disciplinada.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!


Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.