Dor de Garganta, Tosse? Pastilha Caseira é a Solução

Sabe aquele incômodo que dá na garganta quando aparece uma tosse indesejada. Pois bem, a primeira coisa que você pensa é correr na farmácia para comprar aquelas pastilhas que vão aliviar os sintomas.

Saiba que para torná-las mais atrativas, os fabricantes usam uma série de outras substâncias que fogem da temática natural, como por exemplo o corante, conservantes e demais aditivos químicos.

Benefícios das pastilhas caseiras

Dentre os principais produtos usados na composição da pastilha caseira, o limão, o cravo, o gengibre e o mel são os ingredientes bases.

Eles têm ação comprovada contra vírus e bactérias, além de proporcionar sensação de frescor. Juntos, os ingredientes vão atuar contra a dor de garganta, combatendo a tosse e a gripe.

Benefícios para a saúde

Conheça um pouco mais sobre os benefícios dos ingredientes bases da receita para a sua saúde:

  • Gengibre

A raiz é usada para combater resfriados e outras doenças das vias respiratórias, atua como anti-inflamatório e antisséptico, combater náusea, dores musculares, alivia dores intestinais, previne câncer e dá energia.

  • Cravo

O cravo possui ação analgésica e antisséptica, o que faz com que ele seja usado para amenizar sintomas de dores de cabeça, cólicas menstruais, candidíase oral, febre, dores de dente e inflamações da garganta. 

  • Mel

O mel possui grande qualidade de antioxidantes, o que o torna um valioso complemento para a dieta. Ele contém ainda inibina que nada mais é que um excelente bactericida além de antisséptico.

  • Limão

O limão é conhecido pela sua alta concentração de vitamina C. Para se ter uma ideia, um limão contém mais vitamina C que o recomendado para uma dose diária, importante para aumentar os níveis do colesterol bom.

As substâncias conhecidas como flavonoides aumentam a absorção de antioxidantes pelo corpo, o que acarreta no reforço da imunidade.

Pastilhas caseiras para tratar a tosse

Ingredientes

  • Meia xícara de água;
  • 1 colher (de sopa) de suco de limão;
  • 1 colher (de sopa) de mel;
  • Meia colher (de chá) de gengibre em pó;
  • 1/4 colher (de chá) de cravo-da-índia em pó;
  • 1 xícara de açúcar.

pastilha

Modo de preparo

Misture todos os ingredientes e leve ao fogo. Mexa bem por cerca de 20 minutos. Depois disso, você vai obter uma calda espessa, para isso, deixe-a descansar um pouco.

Pegue uma assadeira retangular e forre-a com papel-manteiga. Quando você perceber que a calda esfriou a ponto de ficar um pouco mais grossa, pegue uma colher e vá colocando pequenas porções (no formato de uma pastilha), por cima do papel-manteiga. Você também pode usar um saco de confeiteiro com bico fino.

Depois de passado esse processo, espere descansar por mais 20 minutos, depois polvilhe com açúcar para evitar que as pastilhas se colem umas às outras. Quando esfriarem, as pastilhas estarão prontas para serem usadas.

LEMBRE-SE: Sempre busque um médico ou especialista para um diagnóstico preciso e um tratamento correto para seu caso. Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!


Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.