Como O Açúcar Pode Afetar O Comportamento Das Crianças?

Você já percebeu como as crianças ficam incontroláveis e hiperativas após o consumo de guloseimas numa festinha infantil? Notou que elas possuem certos problemas cognitivos e comportamentais ao consumir ...

Você já percebeu como as crianças ficam incontroláveis e hiperativas após o consumo de guloseimas numa festinha infantil? Notou que elas possuem certos problemas cognitivos e comportamentais ao consumir grandes quantidades de açúcar refinado e corantes artificiais? Pois bem. Certos alimentos que contém essas substâncias não são fontes de nutrientes e podem causar cáries, obesidade e problemas cardíacos no futuro.

➤ Elas podem ter a aprendizagem prejudicada

O consumo de açúcar em excesso pode ser responsável pelo baixo rendimento escolar. Os alimentos pobres em nutrientes, como os doces, atrapalham a memória e a aprendizagem, deixando a criança apática, em comparação às crianças que se alimentam de forma sadia, segundo alguns estudos.

➤Elas ficam mais irritadiças e impulsivais

Os açúcares refinados e processados entram na corrente sanguínea rapidamente, elevando os níveis de glicose no sangue. Isso leva a criança ter uma explosão de energia e ser incapaz de ficar parada ou se concentrar. Após isso, ocorre a queda do açúcar elevado no sangue e a criança começa a ficar apática e irritadiça.

Como O Açúcar Pode Afetar O Comportamento Das Crianças?

➤Elas ficam predispostas à certas doenças

O excesso de açúcar presentes em doces, fast foods e refrigerantes suprime o funcionamento saudável do sistema imunológico da criança, perdendo vitaminas e minerais essenciais, deixando-a vulnerável a certas doenças, como obesidade, queda de cabelo e das unhas, hipertensão, diabetes, doenças cardiovasculares, varizes, hérnias, câncer e problemas ósseos, além de problemas dentários.

➤Elas podem usar o açúcar como forma de chamar atenção

Normalmente crianças que passam muito tempo sozinhas ou ficam muito ociosas, sem ter como gastar energia, tendem a utilizar o açúcar “ao seu favor”. Elas descarregam suas frustrações no açúcar e fazem birras, não querendo almoçar ou jantar, pedindo direto pela sobremesa ou por outros tipos de alimentos, quando na verdade necessitam mais da atenção dos pais ou atividades diferentes para se entreterem.

➤Elas perdem o interesse no que é saudável

Todas as pessoas nascem com o paladar mais apurado para o que é adocicado. Este sabor para as crianças faz com que elas rejeitem tudo aquilo que não é tão doce. Assim, os outros alimentos, como as frutas que possuem seu açúcar natural, já não sejam tão apetitosos quanto aquele bolo de chocolate, por exemplo.

➤Elas tendem a ter problemas de insônia

O açúcar eleva no índice glicêmico, causando um pico de adrenalina e caindo rapidamente, o que leva a hipoglicemia. Assim, ele prejudica o sono, causando agitação nas crianças, tremores, sudorese, irritabilidade, fome noturna e outras consequências.

Como O Açúcar Pode Afetar O Comportamento Das Crianças?

Como reverter essas situações?

➤Se seu (sua) filho (a) apresenta alguma das dificuldades acima, comece a manter um diário alimentar para ele (a). O pediatra também poderá ser consultado a fim de realizar alterações na dieta da criança para analisar se o seu comportamento melhora.

➤Converse com essa criança acerca do que é saudável, do que realmente faz bem na alimentação. Não é necessário cortar de vez tudo o que ela gosta.

➤Simplesmente reduza o açúcar refinado e outros alimentos processados e faça trocas inteligentes, como a adição de mais frutas na alimentação, que possuem um açúcar natural. Ou escolha um dia da semana em que ela possa escolher comer um doce que gosta, mas em pequena proporção. Outra dica é adicionar mais fibras em sua alimentação (como os alimentos integrais, frutas e verduras), que regularão a insulina.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!


Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.