Antibióticos: Saiba Quais os Riscos e os Benefícios Desses Medicamentos.

Certamente você já sabe todo tipo de medicamento só deve ser utilizado caso seja realmente necessário. No entanto, pouca gente conhece as consequências do uso indiscriminado de determinados remédios. ...

Certamente você já sabe todo tipo de medicamento só deve ser utilizado caso seja realmente necessário. No entanto, pouca gente conhece as consequências do uso indiscriminado de determinados remédios. O antibiótico, por exemplo, deve ser usado para combater bactérias, mas, em caso de uso abusivo, a medicação pode gerar o efeito oposto: a resistência desses micro-organismos.

De acordo com estudo divulgado pelo governo britânico, a estimativa é que em 2050, 10 milhões de pessoas morram por conta das chamadas superbactérias ― mais do que o número atual de mortes provocadas por câncer.

Mas o que pode ser considerado um uso abusivo?

Antibióticos: Saiba Quais os Riscos e os Benefícios Desses Medicamentos.

No caso do antibiótico, pode ser caracterizado pela ingestão para o tratamento de infecções virais e não bacterianas, como gripes, resfriados e tosse. Além disso, a automedicação ― geralmente com doses e período de uso incorretos ― são fatores que também influenciam.  A conscientização da população para o uso correto dos antibióticos é essencial para evitar e combater a proliferação bacteriana e a resistência ao tratamento. Por isso, o primeiro passo é procurar um especialista, que orientará o paciente sobre o que fazer. E, claro, seguir as orientações e prescrições médicas.

Conheça abaixo sete dicas, listadas pela especialista, para fazer o uso correto desse medicamento.

  • Utilize antibióticos apenas quando prescrito por um médico ou cirurgião dentista.
  • Tome o número correto de doses por dia e em intervalos regulares.
  • Complete todo o ciclo de antibióticos, conforme prescrito, mesmo que você esteja se sentindo melhor, para garantir que todas as bactérias sejam eliminadas.
  • Não compartilhe seus antibióticos com outras pessoas.
  • Não pule doses, nem tome duas doses de uma vez para compensar uma dose esquecida.
  • Armazene os antibióticos conforme as orientações da bula.
  • Não guarde antibióticos para utilização futura.

Essas substâncias devem ser utilizadas apenas com prescrição médica.


Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.