Açúcar Em Excesso: Os Riscos Para A Nossa Saúde

Não é nenhum segredo a delícia que é o açúcar. Este é velho companheiro de muitas e muitas pessoas e adoça de uma forma incomparável uma tarde triste ou uma noite solitária. Apesar de ser bom demais, o açúcar faz [...]

Não é nenhum segredo a delícia que é o açúcar. Este é velho companheiro de muitas e muitas pessoas e adoça de uma forma incomparável uma tarde triste ou uma noite solitária. Apesar de ser bom demais, o açúcar faz mal à saúde quando consumido em excesso, assim como tudo na vida.

Antigamente o açúcar não era usado como tempero, mas sim para conservar frutas e fabricar remédios. Hoje em dia é difícil pensar uma outra utilização do açúcar se não nas cozinhas, para fazer bolos, brigadeiros, entre outras coisas boas. Pesquisas recentes têm demonstrado o perigo do consumo em excesso desta substância. O grande problema é que ela esta em lugares que não imaginamos, e acabamos consumindo grandes quantidades todos os dias.

Excesso de açúcar: riscos para saúde

Muitos são os danos provocados pelo excesso de açúcar, sendo que a obesidade não é o mais preocupante deles. Assim como o consumo exagerado de frituras, de gorduras e de sal, por exemplo, o açúcar também pode ser bastante prejudicial à saúde.

Tenha atenção aos tópicos abaixo e comece a cuidar melhor do seu corpo e da sua mente.

  • O açúcar e o câncer

Pode parecer estranha esta relação. Muita gente nem mesmo imagina o que um simples pedaço de bolo é capaz de fazer não é mesmo? É preciso ter cuidado com o consumo excessivo de açúcar, pois ele traz sérios danos à saúde.

Quando o açúcar é ingerido, rapidamente ele é absorvido pelo corpo. Desta forma, a quantidade de glicose aumenta consideravelmente. Para equilibrar esta situação o pâncreas tem de produzir muita insulina. Esta fica nos tecidos, inclusive no chamado mamário. Pessoas que desenvolveram câncer de mama primário e que comem muito açúcar correm o risco de ter uma piora considerável no quadro. Isto porque, a presença da insulina estimula o aumento e o crescimento das células tumorais.

☛ Tenha cuidado com o excesso e lembre-se: ele não está somente nos bolos e doces. O açúcar também está nos refrigerantes, nas massas e nos sucos de caixinha, por exemplo. Tenha atenção ao que você consome todos os dias.

  • O açúcar e a enxaqueca

Mais uma relação inusitada e que pode ser desconhecida de muita gente. O consumo excessivo de açúcar pode levar a terríveis quadros de enxaqueca. Portanto, você que sofre com isto, tenha atenção ao que está comendo.

O controle da glicemia depende, entre outras coisas, do sistema límbico. Com isto, o hipotálamo sofre, devido às variações no nível de açúcar. Quem possui enxaqueca lida com alterações no hipotálamo, as quais podem ser deflagradas pelo consumo excessivo de açúcar.

Quando ingerimos açúcar os hormônios podem ficar desequilibrados, já que muita insulina é liberada, de forma a regular as taxas de glicose no sangue. Portanto, é fundamental que as pessoas que sofrem de enxaqueca tenham atenção ao que consomem.

Açúcar Em Excesso

  • O açúcar, a diabetes, a hipoglicemia e a obesidade

A ligação do açúcar com estes tópicos é mais conhecida. É fato que o consumo de açúcar estimula a obesidade. Indivíduos diabéticos também têm muitos problemas com este consumo. Além disto, quem possui uma predisposição genética pode acabar adquirindo outra doença, a hipoglicemia.

A obesidade é uma das primeiras coisas que nos vem à cabeça quando comentamos sobre o excesso de açúcar. O que ocorre é que a glicose é uma fonte de energia e, quando não é totalmente utilizada, fica armazenada como gordura. Além disto, o pâncreas libera insulina, de forma a regular os níveis de açúcar no sangue. Esta insulina é um dos principais fatores que leva ao acúmulo de gordura na região da barriga.

A diabetes gestacional é também uma preocupação. A mulher grávida já libera naturalmente mais glicose do que o normal para ajudar no desenvolvimento do bebê. Caso ela coma açúcar em excesso, o pâncreas fica sobrecarregado e não dá conta de remover toda a glicose. Com isto pode acabar acontecendo uma enfermidade como esta.

  • O açúcar, as estrias, as celulites e as rugas

O colágeno é quem dá elasticidade e viscosidade à nossa pele. Ele é uma proteína que sofre influência quando do consumo excessivo de açúcar. Alimentos doces promovem uma ligação cruzada de colágeno e de açúcar. Estas ligações confundem e acabam desestruturando as proteínas.

Esta situação leva a pele a perder elasticidade. Ela também fica mais descolorida e sem flexibilidade. Portanto, a disfunção na produção de colágeno provoca rugas, estrias e celulites. Uma confusão proveniente do excesso de açúcar no corpo humano.

São muitas as complicações que podem surgir deste mau hábito. O açúcar não precisa ser banido da nossa alimentação, no entanto, seu consumo deve ser bastante reduzido, de forma a se evitar problemas. Uma alternativa para quem ama uma coisa docinha é substituir o açúcar refinado pelo mascavo, que possui mais nutrientes. Além disto, o mel também é uma boa opção, apesar de ser tão calórico quanto os açúcares.

As informações e sugestões contidas neste site são meramente informativas e não devem substituir consultas com médicos especialistas.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.